Como levar cachorro ou gato para a União Europeia / Europa


Muitas pessoas tem nos ligado pedindo ajuda sobre as etapas necessárias para levar o seu cachorro ou gato em uma viagem para União Europeia. Com a desaleceração da nossa economia, muitos brasileiros estão migrando para seguir a vida na Europa, onde geralmente as condições de emprego e qualidade de vida são melhores do que as que o Brasil oferece hoje. Como parte integrante da família, naturalmente os pets fazem parte deste processo, e no artigo de hoje vamos esclarecer todas as dúvidas de como levar o seu cachorro ou gato para a Europa, com um linguajar simples e objetivo, no melhor estilo “receita de bolo” . Vamos lá?

 

O processo para levar o seu cachorro ou gato para a União Europeia consome aproximadamente 4/5 meses e pode ser dividido basicamente em 6 etapas:

  1. Aplicação de microchip;

  2. Aplicação da vacina antirrábica;

  3. Coleta de sangue para o exame de sorologia;

  4. Agendamento do CZI;

  5. Emissão do atestado sanitário;

  6. Obtenção do CZI;

A seguir vamos detalhar cada uma destas etapas – vale reforçar que estes passos servem para quase toda a União Europeia (Alemanha, Espanha, Portugal, Itália, etc – com algumas exceções para Finlândia, Irlanda, Malta, Suécia e Reino Unido, os quais pretendemos detalhar em um próximo artigo).

 

As 6 etapas para levar o seu cão ou gato para União Europeia:

 

Microchip para Cães e Gatos

Microchip para Cães e Gatos

1. Aplicação de microchip

O primeiro passo é implantar um microchip sob a pele do pet. É necessário que este microchip seja compatível com o padrão internacional, de acordo com as normas do ISO 11784/11785. Se você quer saber mais sobre o microchip e aonde aplicá-lo, você pode ler este artigo que escrevemos

Ao término desta etapa, você terá em mãos o certificado de aplicação do microchip – guarde-o.

 

 

 

Vacina para cachorro à domicílio2. Aplicação da vacina antirrábica

Com o microchip aplicado, o próximo passo é aplicar a vacina contra a raiva. Aqui é importante ressaltar que a vacina deve obrigatoriamente ser aplicada depois da implantação do microchip, pois a União Europeia exige esta premissa. Se você quer saber mais sobre vacinação, sugerimos que leia este artigo.

Ao término desta etapa, você terá em mãos a carteirinha de vacinação com o selo da vacina e o carimbo do veterinário – guarde-a.

 

 

Amostra de sangue

Amostra de sangue

3. Sorologia antirrábica

30 dias depois da vacinação contra a raiva, tempo suficiente para o seu cachorro ou gato produzir os anticorpos, você deverá ir até um laboratório pet para coletar o sangue do animal e enviar para o laboratório credenciado pela União Europeia no Brasil, solicitando o Laudo da Sorologia antirrábica. Os anticorpos do seu cachorro ou gato precisam ser de pelo menos 0,5 UI/ml.

No Brasil, você tem apenas 2 opções de laboratórios credenciados para emitir esse laudo:

 

 

  • CCZ – Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo (São Paulo – SP)
  • LANAGRO/PE – Laboratório Nacional Agropecuário em Pernambuco (Recife – PE)

A coleta de sangue e o envio da amostra deve ser feito diretamente pelo laboratório que você escolher e o resultado demora aproximadamente 30 dias para ser finalizado.

Uma consideração relevante é que, uma vez feita a sorologia, você nunca mais precisará repeti-la, desde que a a vacina contra a raiva seja mantida em dia (aplicada anualmente).

NOTA IMPORTANTÍSSIMA: por exigência da União Europeia, você só pode embarcar o animal a partir de 90 dias após a data da coleta de sangue. Ou seja, o processo demora pelo menos 4 meses. Fique atento a timeline mostrada no final deste artigo exemplificando o processo com datas fictícias.

 

Ao término desta etapa você receberá em mãos o laudo da sorologia antirrábica – guarde-o.

 

 

4. Agendamento do CZI

Assim que você receber o resultado bem sucedido da sorologia, faça o agendamento na Vigiagro para uma data de no máximo 10 dias antes do embarque do pet. A Vigiagro (Vigilância Agropecuária) é o órgão responsável pela emissão do CZI (Certificado Zoossanitário Internacional). Tudo o que é exigido durante o processo para levar seu cachorro ou gato para a Europa é, para no final, obtermos o CZI, que é esse documento “mágico” que servirá como um “passporte” para o pet. Em São Paulo, o telefone da VIGIAGRO do Aeroporto de Guarulhos é o (11) 2445-2800.

Ao término desta etapa você terá uma data/hora agendada na Vigiagro do seu aeroporto de embarque – anote esta data na sua agenda.

 

 

5. Emissão do atestado sanitário

Até 72h (3 dias) antes da data agendada na Vigiagro, será necessário a emissão de um atestado de saúde veterinário. Levando isso em conta, assim que tiver a data definida na Vigiagro, já deixe agendado com o seu veterinário a consulta para a emissão deste atestado. Caso precise de mais informações sobre este atestado, você pode ler este artigo.

IMPORTANTE: vale reforçar que este atestado deve ser emitido até 3 dias antes da data agendada na Vigiagro pois ele tem uma validade, ou seja, supondo que agendamos na Vigiagro para o dia 31/Ago/2017, o atestado deve ser emitido no dia 29, 30 ou 31/Ago/2017. Nunca antes disso.

Ao término desta etapa você terá em mãos o atestado sanitário assinado e carimbado por um veterinário – guarde-o.

 

 

6. Obtenção do CZI

Finalmente a última etapa. Na data/hora agendada na etapa #4, compareça na Vigiagro do aeroporto de embarque levando os seguintes documentos:

  • Comprovante de aplicação do microchip – obtido na etapa #1 – levar 2 cópias;
  • Carteirinha de vacinação com o selo da vacina antirrábica em dia – obtido na etapa #2 – levar 2 cópias;
  • Laudo da Sorologia Antirrábica com anticorpos acima de 0,5 UI/ml – obtido na etapa #3 – levar 2 cópias;
  • Atestado sanitário emitido com até 72h de antecedência – obtido na etapa #5;
  • Requerimento para Fiscalização de Animais de Companhia preenchido (ler este artigo);
  • Comprovante de garantia de embarque (passagem ou comprovante de compra);
  • Endereço em que você ficará hospedado no país destino,

 

Resumo

Mostramos abaixo uma simulação de datas para resumir a ordem cronológica de todas as etapas:

Timeline: Como levar cachorro ou gato para a Europa?

Timeline: Como levar cachorro ou gato para a Europa?

 

Links úteis:

Site do Ministério da Agricultura – levando um animal para a União Europeia

Site do Centro de Zoonoses – detalhe da amostra para a sorologia antirrábica

Microchips em cães e gatos – veterinária domiciliar em SP

Vacinação em cães e gatos – veterinária domiciliar em SP

Locais para emitir o CVI em qualquer estado do Brasil:

 

E ai, restou alguma dúvida de como levar o seu cachorro ou gato para a União Europeia? Compartilhe conosco! Neste artigo focamos mais na parte burocrática da viagem, relacionada a documentação do animal. No próximo artigo vamos abordar os cuidados com a saúde do animal antes da viagem, a escolha da melhor caixa de transporte e como fazer uma preparação organizada para que tudo corra de forma tranquila.

Avaliação
Data
Item
Transporte de cachorro ou gato para a União Europeia
Nota
51star1star1star1star1star

Deixe seu comentário!